domingo, 28 de junho de 2009

SENAR - SERVIÇO NACIONAL DE APREDIZAGEM RURAL

APOENA - AQUELE QUE ENXERGA LONGE

Na língua tupi-guarani, Apoena quer dizer “aquele que enxerga longe”. E enxergar longe é aceitar as diferenças, conviver bem com a diversidade, trabalhar pela inclusão para que tenhamos um mundo de oportunidades mais justas e humanas e possamos alcançar igualdade e dignidade social. Foi pensando assim que, em 2005, o SENAR Central lançou o Programa Apoena, baseado no princípio da inclusão de pessoas com necessidades especiais em seus eventos profissionalizantes e de Promoção Social. Hoje, várias Administrações Regionais aderiram ao Programa e já colhem resultados significativos.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatístico (IBGE), de 2006, revelam que cerca de dois milhões de moradores do meio rural possuem algum tipo de deficiência física, auditiva, mental, visual ou múltipla. A maioria permanece alijada do processo produtivo em função da precária capacitação profissional. Conseqüentemente, as chances de inserção destes brasileiros no mercado de trabalho ficam ainda mais reduzidas, prolongando a exclusão social.

Com o Programa Apoena, o SENAR busca não só a inclusão dessas pessoas em treinamentos cujo ambiente seja o menos restritivo possível, como também a sua aceitação pelo grupo. Para o SENAR, o ato de incluir não significa apenas receber o participante com necessidades especiais, mas propiciar condições de desenvolvimento e construção sócio-cognitiva, considerando princípios como a integração, normalização, individualização, legitimidade e efetividade dos modelos de atendimento educacionais e profissionais.